EntreTeste Grátis por 7 dias Conheça a KPI Farm e surpreenda-se!

Qual a importância da Análise Financeira para propriedades rurais?

analise financeiraOlá,

O produtor inicia sua safra gastando muito dinheiro: gasta para preparar o solo, para plantar e realizar os tratos culturais, gasta com a mão-de-obra, com combustível e com as máquinas, com as sementes, defensivos agrícolas e diversos outros insumos. No final da safra, através da venda do produto colhido, espera que se tenha dinheiro para pagar todas as contas e ainda sobrar dinheiro na forma de lucro para futuros investimentos.

Entretanto, ainda hoje, a maioria dos produtores rurais não tem o controle de gastos e investimentos da própria fazenda. Sendo assim, tal fato acaba gerando várias dúvidas sobre a viabilidade de seus cultivares e pode acabar gerando numerosos endividamentos que acabam causando o abandono da atividade rural, comumente conhecido como êxodo rural.

Segundo especialistas em gestão financeira, o ideal para uma propriedade rural é ter uma visão de seu caixa para os próximos doze meses. Dessa forma, o produtor rural terá em mãos um planejamento financeiro e saberá em quais épocas seus custos, investimentos ou lucros serão mais significativos.

Tal atividade consiste em elaborar um Fluxo de caixa. Resumidamente, ao longo de um período ocorrem gastos e receitas dentro do processo de produção de alguma cultura e é exatamente a análise dos gastos e das receitas por um período de tempo que significa Fluxo de Caixa.

Segundo a metodologia adotada pela KPI Farm, para se estabelecer este Fluxo de caixa é necessário que se divida as saídas e entradas financeiras em “Contas a pagar” e “Contas a receber”, respectivamente. Dessa forma será possível realizar um controle financeiro da propriedade, acompanhando, analisando e até prevendo as movimentações contábeis.

Em “Contas a pagar” o produtor rural deverá inserir todas os custos do mês em questão, incluindo o tipo da compra, seu valor e data em que o pagamento será efetuado de fato – ou seja, a data efetiva em que o dinheiro sairá do caixa.

Em “Contas a receber” deve-se considerar todos os recebimentos que serão adicionados ao fluxo de caixa da propriedade rural. Ou seja, todo capital que será recebido (seja pela venda do produto final produzido na propriedade ou por algum serviço prestado) deverá ser considerado e caracterizado segundo sua origem, valor e data de recebimento.

Finalmente, o fluxo de caixa (apesar de pouco utilizado) é uma das ferramentas da gestão financeira imprescindível a qualquer produtor rural – do pequeno ao grande – e deverá ser utilizado e analisado para auxiliar tomadas de decisões mais acertadas e evitar prejuízos na condução da produção agrícola, tendo em vista os altos riscos já inerentes a essa atividade.

Letícia de Oliveira
ADECA Agronegócios
www.adecaagronegocios.com

Luiz Eduardo Faria
KPI Farm
www.kpifarm.com.br

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta